EADInsights

10 pontos que merecem atenção quando o assunto é EAD

1

Qualificação é palavra de ordem no Brasil. A cada semestre, cresce o número de estudantes que se matriculam nas universidades em busca de formação profissional. Apesar do interesse pelo ensino superior, muitos alunos têm dificuldades em conciliar a rotina com as aulas presenciais. É nesse cenário que o Ensino a Distância (EAD) vem ganhando cada vez mais adeptos. No post anterior, comentamos que as matrículas cresceram quatro vezes mais nos cursos EAD em comparação aos cursos presenciais. Pensando nos gestores e professores que enfrentam o desafio de administrar as salas de aula virtuais, reunimos 10 pontos que merecem atenção no Ensino a Distância:

1. Planejamento é a chave de um curso de sucesso

Organização das disciplinas, docentes, materiais que serão necessários, quais tecnologias serão utilizadas, qual o aproveitamento esperado pelos alunos, enfim, cada detalhe deve ser observado com a máxima atenção. Nesse momento, é fundamental entender melhor para quem você está pensando o curso. A maioria dos estudantes faz parte da chamada Geração Y, que tem a tecnologia como principal aliada.

Planejamento é essencial em EAD.

Imagem via Pinterest.

2. Dê atenção ao cronograma

O cronograma é fundamental para todo planejamento, mas no EAD ele se transforma em um dos protagonistas. Qualquer alteração em datas estabelecidas no início do semestre pode causar problemas com entrega de trabalhos ou mesmo avaliações. Um cronograma bem organizado evita erros de comunicação entre docentes e alunos.

3. Divulgue o planejamento do semestre

Depois de pensar todas as atividades e colocá-las nas datas adequadas, é preciso divulgar o que vai ocorrer durante o semestre. Tornar o planejamento claro para todos auxilia alunos e docentes na própria organização.

4. Esclareça os prazos constantemente

Mesmo informando todo o cronograma no início do semestre, é importante relembrar estudantes e professores dos prazos. Seja por meio do e-mail ou da plataforma utilizada pelo curso, pequenos lembretes antes de datas importantes podem evitar atrasos na entrega de trabalhos e relatórios.

5. Utilize ferramentas online

Incentivar o uso das ferramentas disponíveis na Internet pode facilitar a rotina de gestores, alunos e professores. Nós já listamos aqui algumas sugestões que você pode adequar para a sala de aula.

6. Personalize o aprendizado

Entender o que e como os alunos aprendem será fundamental para os gestores nos próximos anos. Analisar os dados fornecidos pelas as atividades online é uma das tendências da educação. Com essas informações em mãos será possível personalizar o ensino, dando de maneira individual as ferramentas necessárias para o desenvolvimento pleno de cada um.

7. Permita a troca de experiências

Uma das principais diferenças entre a sala de aula tradicional e o EAD é a troca de experiências entre os estudantes e professores. Porém, a tecnologia pode diminuir essa distância e oportunizar espaços onde hajam debates sobre os assuntos aprendidos em classe. Isso ajuda na fixação de conteúdos e cria redes de relacionamento. O gestor deve prever a necessidade de tecnologias que incentivem colaboração entre os alunos.

8. Proporcione o espaço físico adequado

Mesmo quando se fala de Ensino a Distância é preciso prever os espaços físicos necessários para que as aulas aconteçam. Desde estúdios onde as aulas serão gravadas até espaços que o estudante utilize para tirar dúvidas presenciais.

9. Solucione as dúvidas

Cada pessoa é única e vai precisar de atenção especial em um determinado momento do semestre. Por isso, os gestores precisam pensar em um local onde o aluno e docente se encontrem para solucionar as dúvidas sobre os temas aprendidos nas aulas. Nesse local, que pode ser online ou físico, deve ser possível encontrar o professor ou um monitor, que estará disponível para responder os questionamentos adquiridos durante o desenvolvimento da disciplina.

Imagem via Pinterest.

Imagem via Pinterest.

10. Motive os alunos

Estudar sozinho pode ser uma tarefa difícil para muito estudantes. Trabalhar a motivação pode ser a chave do EAD. Tarefas desafiadoras e recompensas tornam as lições mais complexas e instigantes. Jogos educacionais fazem parte das tendências da educação nos próximos anos e podem criar uma nova dinâmica de aprendizagem.

Em sua opinião, o que os cursos EAD precisam fazer para atrair mais a atenção dos estudantes?

Para discutir mais sobre experiências e inovações em ensino a distância, inscreva-se na edição do Rio de Janeiro do Ciclo de Debates Desafios da Educação. O evento acontece dia 23 de outubro, no Everest Rio Hotel. As vagas são gratuitas e limitadas.

Redação
A redação do portal Desafios da Educação é formada por jornalistas, educadores e especialistas em ensino básico e superior.

VOCÊ PODE GOSTAR

1 Comentário

  1. […] fazer para tornar a experiência do Ensino a Distância (EAD) mais agradável para os alunos? Vimos no post anterior que é muito importante criar um ambiente onde os alunos sintam-se seguros e motivados para […]

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.