Ensino Básico

Webinar: o que os alunos querem (e precisam) aprender em matemática

0
matemática

Boa parte das escolas apresenta a matemática como algo exclusivamente numérico e abstrato. Mas é preciso ensinar por meio da prática e de abordagens lúdicas. Crédito: Pexels.

Matemática no ensino básico: o que os alunos querem aprender e o que precisam aprender? Esse foi o tema do terceiro webinar promovido pelo portal Desafios da Educação em 2019.

A condução do evento, transmitido pela internet, foi de Katia Smole, doutora em Educação, diretora do grupo de formação e pesquisa Mathema e ex-chefe da Secretaria de Educação Básica do Ministério da Educação (MEC) em 2018.

>> Acesse o webinar sobre matemática no ensino básico <<

Segundo Smole, muito alunos não sabem o que querem aprender. Mas “quando você pergunta para esses mesmos alunos como eles querem aprender, a resposta é clara: eles querem aprender investigando, praticando, por meio de abordagens lúdicas”.

O problema é que grande parte das escolas continua apresentando a matemática como algo quase que exclusivamente numérico e abstrato. Os diferentes modos de ver, entender e ampliar a disciplina são subdesenvolvidos. Às vezes, até ignorados.

Uma das principais razões para isso é a falta de formação dos professores. De acordo com o Anuário Brasileiro da Educação Básica 2019, menos da metade dos professores do 6º ao 9º ano do ensino fundamental tinham formação superior compatível com as disciplinas que lecionavam em 2018. Ou seja, muita aula de matemática é ministrada por docentes sem formação na área.

Outro problema são os professores que não sabem como inserir novas metodologias em suas aulas, principalmente aquelas que utilizam o mundo digital. “Nós, professores, temos muito medo de erro”, diz Katia.

Leia mais: Mentalidades matemáticas: como tornar a disciplina mais acessível e próxima dos alunos

É a partir da discrepância entre a maneira que os alunos querem aprender e a maneira que as escolas ensinam que inicia o desinteresse pela matemática, segundo Katia Smole.

Educação matemática de qualidade

A quantidade de alunos que ano a ano fica para trás dos conhecimentos matemáticos é enorme. A disciplina é a que mais “colabora” com os altos índices de reprovação no ensino básico – principalmente nos anos finais do ensino fundamental e no primeiro ano do ensino médio.

Matemática no ensino básico: um webinar de Katia Smole para o portal Desafios da Educação

Katia Smole. Crédito: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A matemática é uma matéria acumulativa. Cada capítulo é importante para entender e dominar o próximo. Assim, sem construir uma boa base, “a torre não vai ficar em pé”. E essa falta de base influencia até na escolha dos alunos nos cursos para o vestibular, segundo Smole.

“Não é justo que alguém defina sua carreira por excluir a matemática. Podem escolher o que quiserem, mas não pela incapacidade de aprender matemática”, afirma a educadora.

Leia mais: A importância da matemática visual para o cérebro e o aprendizado

Para responder no webinar sobre o que os alunos precisam aprender, Katia Smole levou em consideração a Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Alguns pontos são:

  • pensamento algébrico desde os anos iniciais;
  • geometria das transformações e desenho geométrico em evidencia;
  • probabilidade com focos em ideias centrais desde anos iniciais;
  • a integração entre competências gerais, de área e de habilidades;
  • o sentido de progressão e altas expectativas.

Leia mais: Por que uma BNCC para a educação infantil

Segundo Katia, um dos principais pontos que definem um ensino de qualidade é o desenvolvimento de uma linguagem matemática. Em outras palavras, é quando os alunos são capazes de empregar o conhecimento matemático em diversos contextos, racionando matematicamente para descrever, explicar e prever fenômenos.

Outros pontos incluem:

  • que o aluno saiba o que precisa saber na idade certa;
  • que saiba mais do que as quatro operações básicas;
  • que tenha habilidades essenciais ao pensamento lógico;
  • que tenha conhecimentos que impliquem melhoria;
  • pensamento crítico e solução de problemas;
  • comunicação oral e escrita;
  • acessar e analisar informações;
  • curiosidade e imaginação.

O conteúdo do webinar Matemática no ensino básico: o que os alunos querem aprender e o que precisam aprender? está disponível na íntegra através do link abaixo.

>> Acesse o webinar sobre matemática no ensino básico <<

Veja também: Webinar: como as metodologias ativas podem ajudar sua instituição de ensino

Veja também: Webinar: modelos, planos e experiências de ensino híbrido

Redação Pátio
A redação da Pátio – Revista Pedagógica é formada por jornalistas do portal Desafios da Educação e educadores das áreas de ensino infantil, fundamental e médio.

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.