Capacitação DocenteEAD

O que professores devem saber sobre curadoria de conteúdo EAD

0
curadoria de conteúdo EAD

Na educação a distância, a seleção do conteúdo é tão importante quanto o próprio processo de ensino e aprendizagem. Créditos: USP Imagens.

Nos últimos anos, a curadoria de conteúdo ganhou relevância dentro das instituições de ensino superior (IES) e das empresas de soluções educacionais. Agora, mais do que nunca, o conceito ganha força na educação a distância (EAD). Especialmente no que diz respeito ao professor.

O papel do docente sempre esteve em evidência, tanto na época em que ele era considerado o detentor do saber quanto, atualmente, na era das tecnologias de comunicação e informação.

A todo instante, novas tecnologias surgem com intuito de turbinar o ensino e a aprendizagem em sala de aula. Um recurso proveniente dessa revolução é a curadoria – processo que inclui selecionar, determinar relevância, categorizar, atualizar e distribuir adequadamente o conteúdo.

Curadoria de conteúdo EAD é oportunidade

Na educação a distância, a seleção de conteúdos de qualidade é indispensável para um processo de aprendizagem alinhado aos objetivos e às competências exigidas em mundo cada vez mais digital.

Leia mais: Produção de conteúdo e os dilemas da IES

Por esse e outros motivos, a curadoria de conteúdo EAD é vista como oportunidade na atuação docente. Não à toa, o conceito já é realidade em diversas IES brasileiras – pois chancela a qualidade do conteúdo oferecido pela instituição, seja internamente ou por empresas terceirizadas, como a Sagah.

Ao professor-curador, cabe a responsabilidade de avaliar os conteúdos e personaliza-los na trilha de aprendizagem –conforme a proposta metodológica da IES.

Em outras palavras, os professores com perfil de curadores fazem a recontextualização necessária ao conteúdo, personalizando-o de modo a atender os indicadores 1.5 e 1.18 do instrumento de avaliação do Ministério da Educação (MEC) que tratam dos conteúdo curriculares e do material didático.

Como funciona na prática

Na curadoria de conteúdo EAD, podemos considerar duas importantes etapas:

  • a curadoria da produção do conteúdo
  • e a curadoria institucional.

A curadoria de produção de conteúdo exige um profissional técnico. Ele valida o conteúdo original, propondo melhorias e buscando extrair ao máximo a aplicabilidade do conteúdo em contexto nacional.

Este curador não só garante a chancela do conteúdo como sua abordagem frente aos objetivos de aprendizagem propostos. O processo pode ser executado por núcleos formados nas IES ou por empresas de soluções educacionais terceirizadas.

A curadoria institucional também conta com um curador técnico, mas metodologicamente imerso na realidade da instituição.

Aqui, o profissional seleciona e analisa o conteúdo produzido, organiza-o na trilha de aprendizagem da disciplina, fornece contexto regional, faz “costuras” entre uma aula e outra e aprofunda os conceitos mais relevantes para a ementa da disciplina.

Leia mais: Planejamento: 5 maneiras para o professor inovar no próximo semestre

Um professor determinado a atuar em curadoria de conteúdo EAD precisa conhecer o perfil do aluno e da IES. Outras habilidades requeridas incluem atualização profissional, curiosidade, criatividade e preparação prévia para, a qualquer momento, propor alternativas de validação da aplicabilidade do conteúdo.

Um dos desafios da curadoria na educação é saber lidar com tanta informação disponível. Os curadores, assim, são peças fundamentais junto as tecnologias para fazer este mapeamento e dar significado científico e aplicável ao conteúdo acadêmico.

Confira a série Formação de professores

Daiana Rocha
Daiana Rocha é mestre em Educação. No Grupo A, é gerente de Produção de Conteúdo Digital da SAGAH e líder de projetos de EAD em empresas e instituições de ensino.

    VOCÊ PODE GOSTAR

    Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.