InsightsMercado

O que os alunos esperam do futuro da educação

0

Falamos constantemente aqui no blog sobre os rumos da educação, especialmente a partir da perspectiva da inserção da tecnologia em seus processos. Mas as mudanças na área não são apenas provenientes de questões técnicas. Um dos maiores propulsores para repensar o jeito de ensinar é a mudança de posicionamento do próprio aluno. O ensino precisa acompanhar o pensamento do estudante, adaptando-se às suas necessidades. Isso já é uma realidade no ensino a distância, pois esse conta com instrumentos de personalização do aprendizado, como as plataformas adaptativas. Mas o que os estudantes dos campi tradicionais têm a dizer sobre o futuro da educação? O ensino online ainda é a grande tendência da área? Quais as outras expectativas dos estudantes sobre seu aprendizado? O 2014 Global Survey of Students, estudo mundial encomendado pela Laureate International Universities ouviu milhares de alunos ao redor do planeta e trouxe respostas para essas questões.

A pesquisa ouviu estudantes de todo o mundo. Fonte: Marshall

A pesquisa ouviu estudantes de todo o mundo.
Fonte: Marshall

Alunos de 21 países responderam à seguinte questão: como você acha que serão as universidades em 15 anos? E as estatísticas globais apontaram que 68% dos estudantes esperam que, no futuro, as instituições tenham bibliotecas online, nas quais possam consultar gratuitamente conteúdo, livros e outras fontes de pesquisa. Além disso, 59% dos alunos afirmaram que as mídias sociais serão utilizadas como plataformas para o aprendizado e também para compartilhar o conhecimento com outros estudantes. Já 43% dos entrevistados acreditam que as universidades irão oferecer conteúdo online e livre para a maioria de seus cursos.

Outros dados destacaram-se no estudo, tais como:

– 52% dos pesquisados crêem que cursos serão oferecidos a qualquer hora do dia e ou da noite, enquanto 44% acreditam que eles não terão horários fixos. Bem, essa é uma realidade já nos dias de hoje para o estudante do ensino a distância, que pode montar sua própria agenda e gerir seus estudos de acordo com seus horários livres.

– 54% acreditam na futura existência de cursos colaborativos, focados em projetos de grupos, 43% acham que poderão acessar conteúdo personalizado por meio de tutoria online e 64% acham que os cursos devem ser oferecidos em múltiplos idiomas.

– Mais de 70% dos alunos pensam que os cursos deverão se voltar mais e mais para o mercado de trabalho, sendo orientado para a carreira. Já 61% dizem que os cursos serão projetados por profissionais da indústria. Esse é um dado muito importante, pois diz respeito ao que os alunos esperam do gestor na área da educação.

Dados da pesquisa apontam que a digitalização da educação ainda é tendência. Fonte: Mais estudo

Dados da pesquisa apontam que a digitalização da educação ainda é tendência.
Fonte: Mais estudo

A BBC Brasil compilou os dados brasileiros da pesquisa. Mais de quatro mil estudantes de nove instituições particulares responderam ao questionário e 78% seguiram a tendência mundial e concordam que o curso deverá ensinar habilidades com foco na carreira, enquanto 64% acreditam que empregadores ajudarão a planejar cursos. Em respostas pontuais, alguns estudantes destacaram que a universidade deveria ensinar o aluno a, de fato, ganhar dinheiro e que falta experiência prática nos cursos atualmente.

De qualquer forma, a tendência que prediz uma migração da educação tradicional para a online destaca-se dentre as estatísticas. A possibilidade de acessar conteúdo digitalizado a qualquer hora e a qualquer lugar é uma demanda muito forte dos estudantes e o mesmo vale para o tempo dedicado aos estudos. As respostas dos estudantes indicam que o ensino a distância continua sendo uma grande aposta na área da educação, afinal, muitas das previsões dos alunos para daqui a 15 anos já estão sendo postas em prática na EAD ou, pelo menos sendo seriamente discutidas, especialmente no que diz respeito à flexibilização e à personalização dos cursos. Os alunos que participaram na pesquisa apontaram, ainda, que inovação é o que eles esperam da universidade do futuro. E, afinal, esse não é um dos grandes desafios da educação?

Você já imaginou como vai ser a universidade do futuro? Que mudanças você gostaria de promover? Nós adoraríamos saber a sua opinião sobre isso e, se você quer continuar informado e inovando na área da educação, assine nossa newsletter.

 

Redação
A redação do portal Desafios da Educação é formada por jornalistas, educadores e especialistas em ensino básico e superior.

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.