EADEnsino Superior

MEC autoriza abertura do primeiro curso de Psicologia EAD do Brasil

0

ATUALIZAÇÃO: MEC RECUA E SUSPENDE AUTORIZAÇÃO PARA PSICOLOGIA EAD 

O Ministério da Educação (MEC) autorizou a abertura do primeiro curso de Psicologia na educação a distância (EAD). A graduação será ofertada pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU), uma instituição de ensino superior (IES) mantida pelo grupo Ser Educacional.  

A autorização foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) na quarta-feira (14). A IES poderá ofertar até 2 mil vagas anuais em Psicologia EAD. Segundo o diretor corporativo de EAD da Ser Educacional, Enzo Moreira, as vagas estarão disponíveis ainda no segundo semestre deste ano.

“Estamos prontos para iniciar a captação de alunos já em 2022/2. Foram quatro anos de preparação para chegar a este momento”, afirma Moreira.

Fundada com o status de faculdade em 2003, a UNINASSAU foi comprada pela Ser Educacional – considerada a maior rede educacional do Nordeste – em 2008. Há dez anos, a IES conquistou o credenciamento como centro universitário.

Prédio da Uninassau em Pernambuco, Recife (Foto: Reprodução)

Prédio da UNINASSAU, primeira IES brasileira autorizada a ofertar o curso de Psicologia EAD. Foto: Reprodução

ebook manual ies

Psicologia EAD

Segundo o Censo da Educação Superior, o curso de Psicologia é o sexto mais procurado pelos estudantes brasileiros. Em 2020, ano do último levantamento do MEC, foram realizadas pouco mais de 275 mil matrículas na graduação, que é ofertada em cerca de 560 instituições de ensino superior.

Apesar da alta procura, não havia cursos de Psicologia EAD em funcionamento no Brasil. No fim do ano passado, o Conselho Federal de Psicologia (CFP) e a Associação Brasileira de Ensino de Psicologia (ABEP) emitiram uma nota conjunta na qual reafirmam serem contrárias ao ensino 100% a distância na área.

O quadro deve mudar a partir da autorização recebida pela UNINASSAU, o que irá abrir as portas para novos pedidos de credenciamento pelas IES brasileiras. Até então, elas podiam ofertar apenas entre 20% e 40% da carga horária a distância em graduações presenciais.

Segundo Gustavo Hoffmann, fellow da Universidade de Harvard, o potencial de matrículas da Psicologia EAD é o dobro da presencial. Isso significa que, em um ciclo de 5 a 10 anos, a graduação a distância pode chegar ao número de 500 mil matrículas – o que tornaria Psicologia o maior curso do Brasil somando alunos do presencial e do EAD.

“Esse movimento aconteceu em licenciaturas, gestão e, certamente, acontecerá no Direito, quando os processos dos cursos EAD forem publicados. A diferença do Direito para a Psicologia é que, para a Psicologia, o jogo já começou”, projeta Hoffmann.

laboratorios virtuais labs

Leia mais: Soluções EAD avançam na área do ensino de Psicologia 

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.