O que os jovens podem nos ensinar sobre o uso de tecnologias no ensino?

Conectados, criativos e engajados, os jovens que estão nas universidades têm muito a ensinar. Sim, ensinar. Para essa geração, aprender novas habilidades e, ao mesmo tempo, compartilhar o que já sabem é tão normal quanto atualizar o status do Facebook. E quando o assunto é tecnologia e ensino, os nativos digitais podem encontrar maneiras criativas e muito próprias de transmitir conhecimento. No post de hoje, selecionamos três exemplos nacionais de como os universitários usaram as tecnologias e a criatividade para ajudar outros alunos a aprenderem ainda mais.

Me Salva!

Cálculo é a disciplina que mais atormenta os alunos de Exatas em início de curso, não é verdade? Pois pensando nos colegas, o estudante de Engenharia de Produção da Universidade Federal do Rio Grande do Sul Miguel Andorffy criou o Me Salva!, que inicialmente oferecia aulas de cálculo em vídeo. A iniciativa foi tão bem-sucedida que acabou levando à criação de uma plataforma educacional agregando novos cursos. O projeto rendeu ao Miguel o Prêmio Jovens Inspiradores, promovido pela Veja e Fundação Estudar.

migueladorffy
Miguel Adorffy, criador do Me Salva! (Foto: Fernando Gomes)

Calcule mais

Pensando em quem ainda não entrou na universidade, o estudante do último ano de Engenharia Elétrica e do penúltimo ano de licenciatura em Matemática, Vandeir Vioti dos Santos, criou um site especializado em matemática. São mais de 760 videoaulas gratuitas voltadas para quem está fazendo vestibular. A inspiração para o modelo das aulas é o educador Salman Khan, fundador da Khan Academy. Em entrevista ao UOL, o estudante contou que seu site chamou a atenção do MEC (Ministério da Educação), que o procurou para adicionar o conteúdo de suas aulas em vídeo ao BIOE (Banco Internacional de Objetos Educacionais) e ao Portal do Professor.

GIBIOzine

O GIBIOzine, revista em quadrinhos produzida pelos alunos de Biologia da UFSCar (Universidade Federal de São Carlos), campus Sorocaba, em São Paulo, é um bom exemplo de como iniciativas simples podem ser úteis. A cada semestre, os universitários criam uma nova edição que ajuda a divulgar os conhecimentos das aulas. Além da publicação em papel, é possível acessar a HQ no site do projeto. Os alunos também criam vídeos que transmitem conhecimentos de maneira bem-humorada, tudo disponível na Web.

jovens-3

Você conhece outros projetos inspiradores liderados por estudantes universitários? Compartilhe aqui no blog Desafios da Educação!

Os jovens e a Nova Educação é o tema da palestra de Felipe Anghinoni, cofundador da Perestroika, no Fórum Desafios da Educação. O evento é gratuito e será realizado na Universidade Anhembi Morumbi, em São Paulo, no dia 14 de agosto. Acesse este link e faça já sua inscrição: as vagas são limitadas!