Empregabilidade

Como preparar sua IES para a oferta de cursos técnicos

0

“O diploma técnico é o primeiro que um estudante pode ter em sua carreira formal”, destacou a diretora de Políticas e Regulação da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec), do Ministério da Educação (MEC), Joelma Cremer, durante o seminário “Oferta de cursos técnicos: como preparar sua IES”.

O evento, realizado pela Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES), aconteceu na terça-feira (21), em formato online.

Em maio, o MEC publicou a portaria nº 314, estabelecendo as normas para a oferta de cursos técnicos de nível médio em instituições de ensino superior (IES). Conforme projeção da ABMES, tendo em vista a capacidade instalada de 5 mil polos, as IES brasileiras podem abrir até 500 mil vagas na área.

“A medida traz mais desenvolvimento para a educação profissional e tecnológica do Brasil devido à capilaridade, capacidade e qualidade dessas instituições”, afirmou o ministro da educação, Victor Godoy Veiga.

ebook curricularização da extensão

Mercado de trabalho

Os cursos técnicos têm um papel relevante no contexto do mercado de trabalho atual. Para se ter uma ideia, segundo o Fórum Econômico Mundial, 48% dos empresários, em 35 países, apontam a falta de qualificação profissional como fator preocupante para o desenvolvimento econômico.

Como destacou Cremer, da Setec, os cursos técnicos são uma forma rápida e atrativa de formação profissional. Entretanto, de acordo com a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), apenas 11% dos estudantes brasileiros cursaram o ensino técnico em 2020.

“Observando o cenário mundial e o número de matrículas que temos hoje, sabemos que é possível fazer uma ampliação desse montante”, ressaltou o secretário da Setec, Tomás Dias Sant’Ana, durante o seminário da ABMES.

Leia mais: A importância da sinergia entre ensino superior e mercado de trabalho

Passos para a preparação da IES

Formações profissionais técnicas são uma demanda urgente do mercado de trabalho atual. Para investir na modalidade, as IES devem estar atentas ao edital nº 48/2022, do MEC, que apresenta os procedimentos para a oferta de cursos técnicos de nível médio.

Um dos primeiros passos é verificar quais cursos constam no Catálogo Nacional de Cursos Técnicos (CNCT). Apenas as formações listadas nesse documento podem entrar no portfólio das instituições de ensino superior.

A IES precisa ter atuação efetiva em áreas correlatas ao curso técnico ofertado. Além disso, é necessário comprovar pré-requisitos como o Conceito Preliminar de Curso (CPC) igual ou superior a quatro na mesma área. Já o Conceito Institucional (CI) deve ser igual ou superior a três.

Penalidades institucionais ou processos de supervisão recebidos nos dois últimos inviabilizam a oferta.

Os cursos técnicos de nível médio podem ser ofertados no presencial e na educação a distância (EAD), mas cada modalidade requer um pedido de autorização específico.

A oferta de cursos técnicos EAD está condicionada à comprovação de condições de infraestrutura e recursos tecnológicos. Por exemplo, um ambiente virtual de aprendizagem que possibilite a interação entre docentes e alunos, prática profissional no endereço sede, entre outras exigências.

ebook manual ies

Cronograma

O cronograma para credenciamento de cursos técnicos de nível médio em IES está aberto até 15 de julho de 2022. A previsão para divulgação dos resultados é 7 de dezembro.

Leia mais: E se substituíssemos IES por IAS?

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.