Fórum de LiderançasMercado

Stephan Younes e o Slash Education, os cursos de formação para toda vida

0

Stephan Younes, diretor da Slash Education, fala no Fórum de Lideranças: Desafios da Educação sobre o novo momento da educação – o lifelong learning. Crédito: arquivo pessoal.

Stephan Younes é professor. E empreendedor. E pai, cozinheiro, DJ, flamenguista, viajante, realizador. São tantos hobbies e vocações que, segundo ele, para aperfeiçoa-los é preciso prática e formação atualizada. É dessa premissa que surge o Slash Education.

O Slash Education é uma plataforma de educação continuada para desenvolvimento de soft, hard e superior skills. O projeto, em fase final de desenvolvimento, será lançado no segundo semestre de 2019. A iniciativa é da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) em parceria com o Grupo A, holding que reúne editoras de livros científicos e plataformas digitais focadas na área de ensino.

É para falar sobre a plataforma – e sobre o conceito de lifelong learning, que aborda justamente a necessidade dos indivíduos se manterem atualizados ao longo da vida – que o Fórum de Lideranças: Desafios da Educação 2019 receberá Stephan Younes. Diretor do Slash Education, ele já atuou como diretor de marketing da PUC-PR e de planejamento estratégico do Grupo Marista.

Younes é um dos seis palestrantes confirmados para o evento que acontece em São Paulo, no dia 11 de abril, no campus Vila Olímpia da Universidade Anhembi Morumbi. As vagas são gratuitas e limitadas. As inscrições estão abertas.

Palestrantes do Fórum de Lideranças

Peter Kronstrøm, head do Copenhagen Institute for Future Studies (CIFS) na América Latina
Daniel Infante, sócio-diretor da consultoria Educa Insights
Guilherme Junqueira, CEO da Gama Academy
Gustavo Borba, diretor de graduação da Unisinos
Susana Salaru, analista de equity research no Itaú BBA
Stephan Younes, diretor do Slash Education na PUC-PR

A seguir, Younes antecipa ao portal Desafios da Educação um pouco do que abordará no evento.

Como funciona o Slash Education?
O Slash Education é uma plataforma desenvolvida em parceria entre a PUC-PR e o Grupo A Educação. A partir do próximo semestre, a plataforma oferecerá cursos e experiências focadas no momento de vida das pessoas. Inicialmente, os cursos serão de menor duração – começando em meia hora e chegando a um total de 24 horas – e com diferentes níveis de presencialidade.

Que cursos são esses?
Os cursos partem da ideia de que as pessoas não são mais como antigamente. Aqueles de uma mesma área têm visões distintas e buscam desenvolver competências distintas. Eu sou um professor, empreendedor, pai, cozinheiro, DJ, flamenguista, viajante, realizador. O Slash vai ao encontro disso. Terá cursos para desenvolvimento profissional e também para explorar um hobby ou habilidade pessoal. Desenvolvemos uma metodologia que foca em hard skills, soft skills e superior skills. Vai ter curso de inteligência artificial aplicada ao RH, por exemplo, e também capacitações como as da série “E agora?”, como “Me formei, e agora?” e “Meu filho é especial, e agora?”. Vou mostrar outros exemplos no Fórum de Lideranças: Desafios da Educação.

O projeto segue o conceito do lifelong learning?
Sim, o Slash Education é voltado a diferentes fases de vida, tanto do lado pessoal quanto educacional. Até por isso pensamos numa metodologia que trabalha com variadas formas, conteúdos, estrutura e vinculado à emoção. Acreditamos que a nova formação é feita ao longo de toda uma vida. O modelo que começa na graduação e se esgota no doutorado ficou ultrapassado. As pessoas querem seguir a própria expectativa, capacitando-se em diferentes momentos. As pessoas querem continuar aprendendo e se capacitando, desenvolvendo seus slashes.

Leia mais: Lifelong learning: o conceito de aprender por toda a vida

A formação continuada prevalecerá no mercado de trabalho do futuro?
Sim. As empresas têm buscado profissionais com competências e habilidades diferentes. Aliás, tem empresa que nem exige mais diploma. Aquela coisa de ter um papel certificado que te dá direitos para atuar já foi superada em muitas áreas. Juntando isso à velocidade das mudanças, as organizações e as pessoas entenderam que tão importante quanto deter um conhecimento técnico é ser resiliente, ter pensamento crítico, capacidade criativa. É fundamental desenvolver soft skills e superior skills que te permitam conectar com seu propósito e que ao mesmo tempo evitam que você fique ultrapassado quando o conhecimento específico mudar. O que você usava para fazer marketing ontem já não serve hoje. Por isso o Slash Education tem a ver com momentos, com diferentes fases da vida.

Aquela coisa de ter um papel certificado que te dá direitos para atuar já foi superada em muitas áreas. Tão importante quanto deter um conhecimento técnico é desenvolver soft skills e superior skills.

Por que encontros como o Fórum de Lideranças: Desafios da Educação devem estar na agenda de educadores, gestores e profissionais de ensino superior?
Eventos como esse oferecem uma amostra do que está acontecendo de inovador na educação e do que podemos explorar ao olhar para frente. Também proporciona a troca de ideias, de soluções, podemos revisitar métodos, acompanhar tendências. Todo mundo sai de um encontro desse melhor do que quando entrou.

Fórum de Lideranças: Desafios da Educação 2019

Data: 11 de abril (quinta-feira)
Horário: 8h às 14h
Local: Universidade Anhembi Morumbi (R. Casa do Ator, 275, Vila Olímpia, São Paulo – SP)
Link para inscrição: CLIQUE AQUI

Leonardo Pujol
Leonardo Pujol é editor do Desafios da Educação e sócio-diretor da República – Agência de Conteúdo.

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *