Capacitação DocenteEAD

Dicas para o bom diálogo entre professor e aluno no ensino a distância

0

Um dos grandes desafios da educação é estabelecer e manter uma comunicação bem-sucedida entre alunos e professores. Quando o assunto é ensino a distância, novos paradigmas surgem, afinal, dificilmente as conversas entre educador e estudante acontecerão pessoalmente. Com isso em mente, o site Edudemic reuniu dicas preciosas da educadora Mia MacMeekin para estabelecer uma boa comunicação e estimular a troca de ideias com os alunos de cursos online. Confira a seguir:

Não importa o quanto a tecnologia evolua, a comunicação interpessoal continua sendo essencial na educação.  Fonte: Teresa Chinn

Não importa o quanto a tecnologia evolua, a comunicação interpessoal continua sendo essencial na educação.
Fonte: Teresa Chinn

Agilidade e pessoalidade

Alunos do ensino a distância podem, algumas vezes, sentir que sua interação com a instituição de ensino é limitada, especialmente em comparação com o método presencial. Por isso, é importante que as instituições de EAD trabalhem na relação que se estabelece entre ela, o professor e o aluno, para que as dificuldades ocasionadas pela ausência de contato pessoal sejam minimizadas. De acordo com Mia, um dos métodos para que seja estabelecido um bom diálogo é o feedback. Segundo ela, o prazo ideal para que o professor ou a instituição de ensino dê o retorno ao contato do aluno é entre 24 e 48 horas. Ela afirma, ainda, que essa resposta deve ser dada pelo mesmo meio em que se iniciou a conversa, seja por mensagem, e-mail ou telefonema.  Além disso, é essencial que o aluno seja tratado como uma pessoa e não como um número de identificação. O professor do ensino a distância deve conhecer seus alunos, saber seus nomes e, também, demonstrar interesse sobre seu aprendizado. Outra dica importante para melhorar a comunicação professor-aluno é que o educador seja um encorajador, alguém que indica o melhor caminho para que o estudante obtenha sucesso.

Fonte: Coin Education

Fonte: Coin Education

Estimulando o diálogo

Nem sempre a atitude do professor ou tutor é suficiente para criar um bom canal de comunicação. É necessário que o aluno também se sinta à vontade para dialogar com o profissional e dar início a uma real conversação. A fim de propiciar o diálogo, Mia MacMeekin recomenda que o professor seja compreensivo com relação às dificuldades encontradas pelos alunos, inclusive compartilhando suas histórias pessoais relacionadas aos estudos. Além disso, o educador deve separar um tempo especial para os estudantes que necessitam mais de sua atenção, porém sem se esquecer daqueles que passam pelo curso sem maiores dificuldades. É importante, também, que o professor tenha um plano de ação bastante claro para os alunos que não atingem os objetivos da disciplina.

A educadora destaca, ainda, que uma boa forma de manter a troca constante entre educador e estudante é o uso de chats em vídeo para explicação de conteúdo. Além disso, o professor deve sempre ler os e-mails de seus alunos por completo antes de respondê-los e, após, perguntar se a sua resposta foi satisfatória. Por fim, é importante lembrar que o profissional não deve criticar a instituição de ensino, o curso ou seus gestores para os alunos.

E você, tem alguma outra dica para aprimorar o diálogo entre professor e aluno na EAD?

Quer se manter sempre atualizado sobre educação digital? Assine a nossa newsletter Desafios da Educação clicando neste link

Redação
A redação do portal Desafios da Educação é formada por jornalistas, educadores e especialistas em ensino superior.

VOCÊ PODE GOSTAR

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *