EdTechTecnologia Educacional

+A Educação e Ventiur fecham parceria para acelerar startups educacionais

0

A aceleradora Ventiur e a + A Educação fecharam uma parceria para identificar, selecionar e impulsionar startups. A proposta é unir a expertise da +A no setor educacional e a metodologia da Ventiur para ajudar edtechs a avançarem em sua gestão, ampliarem a base de clientes e aprimorarem seus serviços. 

A seleção está prevista para iniciar em maio deste ano. O foco será em edtechs com modelos de negócios e produtos em validação ou tração que tenham alinhamento com o portfólio da + A Educação. A preferência será por soluções tecnológicas que possam enriquecer qualquer ponto da jornada dos alunos. 

A parceria foi lançada em evento realizado na sexta-feira (6).

Projeto foi lançado em evento realizado na sexta-feira (6).

Modelo de parceria   

A Ventiur fará a pré-seleção das startups e incluirá as escolhidas em seu processo de aceleração. Já a +A Educação será responsável pelos aportes e escolherá, dentre as selecionadas, quais serão contempladas pelo programa.  

“A iniciativa traz oportunidade para que edtechs de todo país recebam investimento e sejam incluídas no processo de aceleração da Ventiur, preparando-se para um salto em suas trajetórias”, explica o head de inovação e corporate venture da Ventiur, Leonardo Mezzomo. 

Segundo o CEO da +A Educação, Celso Kiperman, a empresa está atenta ao mercado de startups e investe neste segmento. Desde 2019, já investiu R$ 120 milhões na construção de sua própria plataforma de conteúdo e tecnologias educacionais, sendo que metade desse valor foi destinado para aquisições de seis startups que complementaram seu portfólio.  

“O aporte permitiu que a +A Educação criasse a Inovatech, área que conta com mais de 100 desenvolvedores especialistas em tecnologias educacionais e que produziu mais de 250 mil objetos de aprendizagem”, conta Kiperman.  

A Ventiur tem experiência acumulada em outras ações de cooperação com grandes empresas para seleção de startups, como Sicredi, Randon, Marcopolo, Metadados, Florense, Soprano e NSTech. A empresa avaliou mais de 3 mil startups e investiu em mais de 70 negócios inovadores, estimados em mais de R$ 300 milhões.  

Leia mais: Por dentro da Plataforma A: a edtech com experiência completa de ensino e aprendizagem

Redação
A redação do portal Desafios da Educação é formada por jornalistas, educadores e especialistas em ensino básico e superior.

    VOCÊ PODE GOSTAR

    Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.