Google lança ferramenta conectada com ambiente virtual de aprendizagem

Chamado de Course Kit, ferramenta permite que alunos e professores utilizem funções do Google Docs e Drive diretamente no LMS

O Google apresentou uma nova ferramenta que promete facilitar a rotina dos estudantes e dos professores. Chamado de Course Kit, o sistema permite uma integração facilitada do Google Drive e Google Docs com o ambiente virtual de aprendizagem (LMS, na sigla em inglês). A ferramenta já está disponível para os LMS que utilizam o padrão de integração LTI (Learning Tools Interoperability), como as soluções da Blackboard.

Rodrigo Vale, Head de Educação do Google para a América Latina, explica que a ferramenta abre duas opções: permite que professores busquem conteúdos para suas disciplinas diretamente do Google Drive e contempla a possibilidade do professor usar Docs e Drive para criar, receber e dar feedback em tarefas dos alunos através de um fluxo simples, diretamente no LMS.

Vale acredita que esse é um importante passo para a expansão do G Suite for Education no Ensino Superior. “É a primeira vez que o Google decide abraçar o padrão LTI, integrando e colaborando com os LMS já existentes. Há muito mais vantagens para os usuários nesse trabalho conjunto do que em ferramentas que operam de forma desconectada”, afirma Vale.

Na Blackboard, sempre tivemos a ideia de que o LMS deve ser uma plataforma base, permitindo que as IES consigam usar diversas aplicações conectadas a ele. Isto é, que o nosso ambiente virtual consiga dar robustez para utilização de práticas pedagógicas e, ao mesmo tempo, ser um alicerce para que a instituição consiga criar e conectar coisas para além dele.

O Course Kit tende a agregar esse ecossistema, como opção eficiente e rápida de interação e de utilização do Google Docs, mundialmente reconhecida. A ferramenta vem sendo testada há mais ou menos um ano em algumas escolas e universidades – e já está disponível no modo beta em 44 idiomas. Se a sua IES usa o G Suite for Education, já pode solicitar o acesso à versão beta aqui. Uma vez na wishlist, os técnicos de TI da instituição poderão instalar o Course Kit no seu LMS.

Leia mais: Como as gigantes da tecnologia apostam em edtechs