Estratégias para ouvir e aprender melhor

Apesar de todas as novas tecnologias que estão sendo inseridas na educação, a forma mais comum de transmissão de conhecimento dentro da sala de aula ainda é baseada na tradição oral. E isso de forma alguma é um demérito. No entanto, para saber escutar e compreender a mensagem não basta ter ouvidos. Muitos mecanismos estão envolvidos nesse processo e nem sempre escutamos realmente tudo que nos é dito.

Em artigo publicado pela Forbes, a especialista em liderança e business coach Christina Holbrook McEntee fala sobre a importância de ouvir as outras pessoas no mundo dos negócios, o que pode ser facilmente transferido para o ambiente estudantil. De acordo com ela, muitas vezes não estamos ouvindo, de fato. Estamos, na verdade, esperando a pessoa terminar de falar para que possamos dar a nossa opinião. Em sala de aula, embora as opiniões nem sempre sejam externadas, é comum que os alunos filtrem o que está sendo dito pelo professor por sua própria subjetividade. Além disso, conforme o tempo passa, o hábito de não escutar realmente os outros nos deixa cada vez mais isolados, tendendo à falta de compreensão. Pode-se imaginar, portanto, que o aprendizado seja também bastante afetado por essa atitude.

Existem formas, porém, de se preparar para ser um bom ouvinte e realmente captar a mensagem. De um ponto de vista mais fisiológico, é possível treinar o próprio cérebro para essa missão. Dentro da sala de aula, há muitos obstáculos para o trabalho do córtex auditivo, em especial o barulho que provém tanto do ambiente quanto do próprio diálogo interior do estudante, que pode ser composto por dúvidas, pensamentos soltos ou mesmo aquela música que não sai da cabeça. A estratégia HEAR (sigla que, de maneira perspicaz, forma a palavra “ouvir” em inglês) traz quatro passos que ajudam o estudante a focar no discurso do professor e, efetivamente, escutar o que é dito, confira:

Halt (pare): detenha tudo o que está fazendo, finalize seu diálogo interno e limpe a mente para escutar o que o professor está dizendo.

Engage (envolva-se): foque em quem está falando. Uma dica é inclinar levemente a orelha direita em direção à pessoa, como um lembrete para se concentrar apenas na escuta.

Anticipate (antecipe): ao tentar antecipar o que o professor tem a dizer, você está reconhecendo que irá aprender algo novo e interessante, o que irá atrair sua atenção.

Replay (repita): pense sobre o que está sendo dito. Analise e parafraseie em sua mente ou na discussão em sala de aula. Retomar a informação irá ajudar no entendimento e na memorização do que foi aprendido.

E você? Tem suas próprias técnicas para melhorar a absorção das informações apreendidas em sala de aula? Conte para a gente.