Como a meditação pode ajudar os alunos

Algumas das pessoas mais bem sucedidas no mundo inteiro meditam. A meditação é uma prática antiga e tem sua história remontada às tradições hindus da Antiga Índia. Havia sempre algo um pouco místico ou misterioso sobre meditação, mas a ciência tem demonstrado nos últimos anos que isso não é tão “fantasioso” como muitos pensam. Este artigo destaca os benefícios da meditação e os diferentes métodos que os alunos podem usar na escola ou em atividades extracurriculares e esportes para ter um maior controle emocional sobre si mesmo.

Schools-Adopt-Meditation-Time-537x402

Photo by Shutterstock

Cinco Benefícios da Meditação

1. Aumenta o foco

Estudos têm demonstrado que a meditação aumenta a capacidade de se concentrar por mais tempo. Isto beneficia os alunos de muitas maneiras, incluindo a possibilidade de prestar atenção em aulas mais longas e, assim, melhorando a absorção do conteúdo. Além disso, os estudantes que meditam têm mais chance de sucesso em testes e exames.

O aumento do foco também beneficia os alunos fora de sala de aula – especificamente nas atividades extracurriculares, como futebol, teatro, música, etc. Algumas escolas já estão começando a integrar a meditação em seu currículo, visando os benefícios que a prática agrega.

2. Melhora a memória

Um estudo de Harvard relatou que, após um estudo de meditação de 8 semanas em que os participantes meditaram por 27 minutos a cada dia, a massa cinzenta na região do hipocampo do cérebro – que é responsável pela aprendizagem e memória – aumentou. Com uma “memória melhor”, os alunos conseguem reter mais informações e apresentar um melhor resultado nas provas. Além disso, uma boa memória significa uma maior capacidade de conciliar muitas ideias e pensamentos diferentes ao mesmo tempo. Esta uma habilidade é muito útil para melhorar o desempenho, a inteligência e ter conversas interessantes.

3. Reduzir a ansiedade e o estresse

De acordo com este artigo o estresse pode causar problemas digestivos, dores de cabeça, insônia, depressão e raiva, entre outros sintomas. Sob condições de estresse crônico as pessoas podem sofrer de infecções virais mais como a gripe. Tragédias, eventos traumáticos, e até mesmo pequenas falhas podem causar o início de uma situação de estresse. Isso é muito notado em adolescentes e estudantes universitários que passam por montanhas-russas emocionais devido às alterações hormonais e outros eventos como a saída da escola e a entrada na universidade. A meditação é uma boa maneira de enfrentar emoções e lidar com esses eventos de maneira saudável.

4. Reduz o cansaço

Um estudo realizado na Faculdade de Medicina da Wake Forest, que mostrou que breves sessões (durante quatro dias) de meditação reduziu a fadiga e aumentou a atenção dos participantes. A faculdade é um momento interessante na vida, onde os alunos dormem irregularmente, consumem alimentos pouco saudáveis e, geralmente, praticam poucos exercícios. Estas são as principais causas do cansaço. A meditação ajuda a reduzir a fadiga nestes momentos.

5. Aumenta a imunidade

Com diversas atividades como escola, trabalho, relacionamentos e atividades sociais, ficar doente tem um impacto negativo no cotidiano. Exercícios, dieta saudável e dormir bem são importantes para sustentar um estilo de vida saudável. A pesquisa da Biblioteca Nacional de Saúde mostra que mesmo um programa de treinamento de meditação de curto prazo pode proporcionar mudanças significativas no sistema imune dos participantes.