Como garantir o sucesso dos alunos nos cursos online

Como evitar a evasão de alunos em cursos EAD

Estudantes geralmente optam por aulas a distância devido à flexibilidade e à conveniência. Mas nem todos acabam cursando efetivamente: as estatísticas indicam que aulas online têm uma taxa de abandono maior do que cursos presenciais. Embora existam alguns fatores pessoais que podem influenciar a decisão de um aluno em abandonar o curso, muitos outros estão relacionados com a instituição e seu nível de suporte. Essas barreiras podem ser superadas com planejamento, suporte técnico, apoio acadêmico, aconselhamento e disponibilidade de recursos para que o aluno tenha sucesso em sua aprendizagem. Além disso, na rotina, também é possível dar apoio ao estudante. Veja outras dicas para se manter presentes em cursos online.

Organização do curso

Muitos alunos acabam abandonando o curso porque se sentem sobrecarregados e, às vezes, frustrados com a quantidade de informação apresentada e com a forma como ela é apresentada. Os alunos podem experimentar uma “sobrecarga cognitiva” se o conteúdo não está organizado logicamente e o design não for claro ou fácil de seguir. Nesses casos, se gasta uma grande quantidade de energia mental apenas tentando descobrir como o curso está organizado e onde encontrar as informações. O bom design do curso irá minimizar a frustração e ajudar seus alunos a se concentrarem no conteúdo, em vez de focar nos problemas de navegação.

> Fornecer layout e navegação simples e consistentes. É recomendado que se use o mesmo modelo para cada módulo (por exemplo: visão geral, objetivos, leituras, visões etc);
> Para variar, apresente algumas informações por meio de vídeos ou gravações de voz, em vez de somente textos;
> Faça um vídeo para guiar o aluno, mostrando como funciona a estrutura e o layout do curso.

Alinhamento de expectativas

Muitos estudantes relatam se sentirem confusos em ambientes de aprendizagem online. É importante que as expectativas estejam claras, por isso, apresente seu curso de forma didática.

> Os instrutores precisam fornecer instruções detalhadas e muito explícitas sobre o formato do curso, atribuições, as expectativas, os critérios de classificação etc;
> Fornecer uma seção de “perguntas mais frequentes”, com uma lista de respostas que possam vir a ser procuradas;
> A ferramenta de teste pode ser utilizado para garantir a compreensão das responsabilidades do curso, conforme descrito no programa. Os alunos podem fazer várias vezes o teste sob pressão baixa, o que garante a confiança quando se utiliza a ferramenta para avaliação.

Preparação dos estudantes

Muitas vezes, a inscrição em um curso online é feita sem uma compreensão realista do que é preciso para ser um aluno bem-sucedido em uma sala de aula virtual. Esses ambientes de aprendizagem são mais adequados para aqueles que são autodisciplinados, motivados e sabem como gerenciar o seu tempo. Uma orientação para aprendizagem EAD e dicas sobre como obter sucesso no curso podem preparar melhor os estudantes.

A orientação estudante deve incluir discussões sobre:
> Habilidades técnicas;
> Compreensão dos ambientes de aprendizagem online ou híbridos;
> Habilidades de estudo;
> Gerenciamento de carga de trabalho;
> Comunicação;
> Recursos, incluindo ajuda técnica e outros recursos do campus;
> Vídeo introdutório de boas-vindas com uma apresentação pessoal do instrutor
> Biblioteca de recursos sobre questões que afetam o ensino, tais como gestão de tempo, uso de tecnologia etc.

Modulação do conteúdo

Os requisitos de carga de trabalho e de leitura em cursos EAD podem parecer assustadores para os alunos, especialmente se eles não têm boa administração do tempo e priorização de habilidades. Organizar o conteúdo em módulos e unidades de participação não só torna mais fácil a compreensão e memorização dos conceitos, mas também faz com que o estudo seja mais viável. Ao fazer isso, o instrutor pode apresentar conceitos complexos introduzindo as explicações em blocos, fazendo com que os estudantes compreendam, apliquem e memorizem o conteúdo. Ao incorporar as avaliações e feedbacks em cada módulo, os professores escalonam a aprendizagem dos alunos.

> Divida grandes trabalhos ou projetos em etapas menores, para ajudar os alunos a gerenciarem a carga de trabalho, e forneça feedbacks em cada etapa;
> Ofereça sessões de revisão ou vídeos para evitar lacunas de aprendizagem e esclarecer conceitos.

Humanização do curso

Um dos principais motivos apontados por alunos para justificar a evasão é a solidão ou isolamento. Aprender é uma atividade social: aprendemos por meio de interações e discussões. Na ausência de contato presencial, a aprendizagem online deve gerar oportunidades para interagir com os outros em curso. Humanizar a experiência por meio de interações pessoais e histórias é adicionar o toque humano a ela.

> Promova a apresentação dos alunos no início do curso;
> Crie uma comunidade de alunos: peça para que compartilhem perfis pessoais, histórias e experiências;
> Ofereça uma sessão de orientação ao vivo por uma ferramenta de webconferência para que o aluno possa interagir com o instrutor em tempo real;
> Invista em um fórum de discussão para interações sociais não relacionadas ao curso;
> Incentive o suporte entre os alunos;
> Incorpore nas tarefas trabalhos em grupo;
> Esteja disponível para que os alunos possam conversar com você sobre atribuições, discussões. Isso gera conforto para quando buscarem informações adicionais.

Artigo de Dr. Poonam Kumar, traduzido e adaptado de Faculty Focus.